Benvindo a Pirenópolis
Benvindo a Pirenópolis

ATENÇÃO!
Em vista de colaborar no combate à disseminação do COVID-19, a Prefeitura decretou o fechamento de pousadas, restaurantes e atrativos por 15 dias a partir de 19/03. Pedimos a compreensão neste delicado momento e escusas por não podermos receber visitantes.

Artigos e notícias

Voltar para notícias

Polliana - Flor símbolo de Pirenópolis

A polliana, Allamanda angustifolia, da família das Apocynaceae, é uma erva subarbustiva de ramos compridos e folhas estreitas (veja no Herbário Digital) que se destaca por suas grandes e sedosas flores de amarelo vivo. Planta endêmica da Serra dos Pireneus, foi catalogada pelo médico e botânico alemão Johann Baptist Emanuel Pohl, em 1819, por ocasião de sua visita a Meya Ponte (antigo nome de Pirenópolis). Planta típica de altitude, só ocorre acima dos 800 metros, em campos de cerrado típico, sujo ou rupestre. Floresce durante o período chuvoso, de novembro a março, dando às encostas da serra um colorido de beleza ímpar. As tentativas de reprodução domésticas, até hoje, foram infrutíferas, talvez devido à altitude ou as características do solo. Seu fruto é seco e desconhece qualquer tipo de uso humano, terapêutico ou alimentício.

Matéria publicada em 23/04/2007 às 15:11:09.

Voltar para notícias

Image: img_poste.png