Benvindo a Pirenópolis
Benvindo a Pirenópolis

Artigos e Notícias

Voltar para Notícias

26/07/2010

Parque dos Pireneus pega fogo e deixa à mostra o descaso do governo

A famosa Festa do Morro de Pirenópolis infelizmente terminou em tragédia. Um descuido pôs fim aos festejos antecipadamente. De uma churrasqueira em dos acampamentos partiu o foco de um dos mais arrasadores incêndios do Parque dos Pireneus. Em poucos minutos os picos estavam em chamas e durante três dias alastrou-se por quase todo o parque, incendiando também o morro e os campos do Cabeludo, os cerrados sobre rochas a beira da estrada e chegou finalmente a Vila dos Becos e nascentes do Barriguda.

Parque dos Pireneus pega fogo e deixa à mostra o descaso do governo

Esta infeliz tragédia põe a mostra o descaso da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos - SEMARH, quanto ao cumprimento da lei e a atenção devida às unidades de conservação. Não deveria a secretaria, como órgão executivo, seguir à risca a lei. Depois de terem decretado esta unidade de consevação, que foi em 1987, tinham 5 anos para fazerem o plano de manejo e implementá-lo. Mas o que se vê é que depois de 13 anos, nada foi feito. Isto é, nada se vê. O Parque infelizmente está abandonado. A tristeza fica não apenas em ver a bela natureza sendo tão devastadoramente destruída, mas também em perceber que, apesar da alta carga tributária que nós brasileiros sofremos, temos um governo ineficaz e descumpridor das leis de nosso país.

Não vejo desculpa para tanto descaso e má vontade dos funcionários responsáveis, ou melhor seria irresponsáveis, como o próprio secretário do meio ambiente, em não fazer o parque funcionar como determina a lei. Afinal ele é pago e bem pago para isso. Falta de dinheiro sabemos que não pode ser. O nosso governo é muito rico. Recursos públicos são gastos aos borbotões em campanhas e obras superfaturadas. Acho que por fim, só pode ser mesmo é maldade. Coração carregado de usura e poder, voltados exclusivamente para interesses mesquinhos, políticos e individuais. Maldade com a natureza e as belezas que Deus criou. Nós de Pirenópolis sentimos profundamente esse abandono e só nos resta rogar a Deus. Que Deus consiga tocar no coração deste homem.

Matéria publicada em 26/07/2010 às 19h27min.