Benvindo a Pirenópolis
Benvindo a Pirenópolis

Artigos e Notícias

Voltar para Notícias

10/04/2010

Geoparque Pireneus, uma nova proposta

Na quinta feira, dia 08 de abril de 2010, às 14 horas, no auditório da Prefeitura de Pirenópolis, a CPRM - Serviço Geológico Brasileiro, apresentou, sob coordenação do Geólogo Jamilo Tomé, os estudos técnicos do Projeto Geoparque Pireneus. Estiveram presentes também nesta reunião os prefeitos de Pirenópolis e Corumbá, representantes de Cocalzinho, diretor do Ministério da Integração Nacional e diversos representates das secretarias municipais e estaduais, além de pessoas ligadas às diversas entidades não governamentais e donos de atrativos.

Geoparque Pireneus, uma nova proposta

Este projeto engloba uma grande área de aproximadamente 715 km2 que abrange parte dos municípios de Pirenópolis, Corumbá de Goiás e Cocalzinho. Geoparque, ou Geopark em inglês, é um modelo de parque onde não há desapropriação, desenvolvido em diversas partes do mundo e adotado pela UNESCO como modelo de desenvolvimento regional e preservação do patrimônio ambiental e cultural. Envolve neste modelo os locais de características cênicas geomorfológicas singulares e que ainda possuem certa infraestrutura para a visitação turística e o desenvolvimento regional sustentável.

Em suma, Pirenópolis e a região dos Pireneus cairam como uma luva. Motivos cênicos geológicos espetaculares nós temos. Daí terem sidos escolhidos como geosítios âncoras do projeto o Pico dos Pireneus e sua região e a Cidade de Pedra. Porém foram selecionados nesta primeira proposição 20 geosítios, incluindo minas antigas do século XVIII, pedreiras, cachoeiras, formações rochosas e atrativos culturais.

Mas não basta apenas a beleza cênica do lugar, é preciso ter também infraestrutura: estradas, trilhas com placas informativas, guias capacitados, materias de divulgação e educação, transportes, hospedagem e alimentação. Na verdade, este projeto se difere por tantos outros que por aqui aterrissaram pelo fato de possuir uma meta plausível, que é a certificação junto a UNESCO. Essa é como uma bandeira no horizonte, que nos guiará para uma excelência na estruturação dos geosítios que compõem este Geoparque.

Veja aqui o Relatório Completo produzido pela CPRM - Serviço Geológico Brasileiro.

Matéria publicada em 10/04/2010 às 11h07min.