Benvindo a Pirenópolis
Benvindo a Pirenópolis

Artigos e Notícias

Voltar para Notícias

07/11/2005

Foram criada novas zonas de expansão urbana do município

Foram criada novas zonas de expansão urbana do município

Em 04 de outubro de 2005, foi aprovada na Câmara Legislativa a Lei Complementar nº 007/05 que "Dispõe sobre o ordenamento territorial, definindo as zonas urbanas, de expansão urbana e rural do município de Pirenópolis, autoriza concessão de fechamento e dá outras providências". Esta lei complementa a Lei Orgânica do Município e o Plano Diretor, definindo novos zoneamentos e criando três novas Zonas de Expansão Urbana Descontínua, a saber: a Zona de Proteção Ambiental da Cidade de Pedra, objetivando proteger o Monumento Natural Cidade de Pedra (vide matéria); a Área de Desenvolvimento Econômico - ADE, para a formação de parque industrial, localizada na região do Mar e Guerra, próxima à estrada para Planalmira; e, a mais polêmica de todas, a Zona de Desenvolvimento Turístico I, que visa criar condições à empresa Interpireneus, de capital estrangeiro, para instalação de complexo turístico na região das Contendas-Ribeirão São João, a cerca de 20km da cidade, onde admite-se o parcelamento de lotes de 1.000 m2 e edificações de até 30 metros de altura. Permite-se também nesta zona postos de combustíveis, salão de festas, casas de espetáculos, parque de diversões, leilões, bilhares, boliches, jogos eletrônicos, bingos, boates e similares, além de centro equestre, campo de golfe, tênis, futebol, pescaria, pedalinho, caiaque, canoagem, centro de convenções, flats e agência lotérica.

\r\n

Em suma, tal empreendimento contará com uma extensa represa para atividades aquáticas e irrigação de campos equestre e de golf, cassinos-hotéis e loteamentos urbanos. Se isso for avante, provalvelmente, logo teremos por aqui uma "Las Vegas do Cerrado", que, a exemplo de outros lugares famosos, acabará se amancipando em uma nova cidade. Mais modalidades de turismo para nossa região, neste caso, de certa forma perigoso, pois dele poderá resultar o turismo de apostas e, consequentemente, o turismo sexual. Há também a possibilidade de impactos ambientais, pois há propostas de alagamento de extensa área numa região de inumeras nascentes. 

Matéria publicada em 07/11/2005 às 09h25min.